Universidade Católica de Pelotas
Webmail
Aducpel
Agenda de Eventos
Ass. Judiciária
Ass. Médica Ambulatorial
Avaliação Institucional
Balanço Social
Biblioteca
Calendários Acadêmicos
Capelania
CAPS - Centro de Apoio Psicossocial
Chegue Mais Perto
CIPA
Clínica de Fisioterapia
Clínica Psicológica
Comitê de Ética
Conheça Pelotas
Diretrizes
Documentos PRAC
Doutorado
Editais e Publicações Oficiais
Editora Educat
EDR - Escritório de Desenvolvimento Regional
Especialização
Estrutura
Extravestibular
Farmácia Escola
FIES
Formas de Ingresso
Graduação
Histórico UCPel
Hospital Universitário
Incubadora de empresas – CIEMSUL
Instituição Comunitária
Intranet
Itepa
Laboratório Escola de Análises Clínicas
Links de Interesse
Mantenedora
Manual de Formatura
Marca UCPEL
Mestrado
Moodle
Nae
Notícias
Perguntas Frequentes
Plataformas Lattes
Podcasts
Política de Ensino
Politicas de Extensão
Política de Pesquisa
Proficiência em Língua Estrangeira
Projetos de Extensão
Projetos de Pesquisa
ProUni
Rádio Universidade
SAPU 2008/2
SAPU 2008/1
SAPU 2007/2
SAPU 2007/1
Seleção Docentes
SINAES
Sinpro
Trabalhe na UCPel
Telefones
Unidade Sta. Vitória do Palmar
Unidades Básicas de Saúde
UCPEL Virtual
Vestibular
Vídeos
Webmail
Administração
Agência Experimental de Publicidade (Agente)
Atlas de Histologia Médica
Atlas de Histologia Médica II
Centro de Incubação de Empresas da Região Sul (Ciemsul)
Ciências Contábeis
Comissão Própria de Avaliação (CPA)
Comunicação Social
Direito
Ecologia
Economia
Ecos Revista
Editora Educat
Enade
Farmácia
Fisioterapia
Grupo Interdisciplinar de Trabalho e Estudos Criminais-Penitenciários (Gitep)
Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP)
Laboratório de Engenharia Civil
Laboratório de Química Ambiental
Laboratório de Engenharia Biomédica
Laboratórios de Informática do Centro Politécnico
Letras
Mestrado em Política Social
Mestrado da Ciência da Computação
Memória Fotográfica
Núcleo de Economia Solidária e Incubação de Cooperativas (Nesic)
Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE)
Pós-Graduação em Letras
Pós-Graduação em Saúde e Comportamento
Produção Fonográfica
Programa de Residência Médica
Psicologia
Química
Rádio Alfa
Rádio Universidade (RU)
Salão Universitário
Tecnologia em Design de Moda
Tecnologia em Produção Fonográfica
Tecnologia em Gestão de Turismo
TV UCPel
UCPel Mais Saudável
Vestibular

Sapu

moodle

 
 
 
 
 
 
Cursos
Newsletter
Unidade Sta. Vitória do Palmar
Home / Acadêmico / Unidade Sta. Vitória do Palmar
Tendo em vista integrar-se à comunidade de Santa Vitória do Palmar, proporcionando ensino de qualidade aos que residem no município ou próximo dele, a Universidade Católica de Pelotas deu início à implantação de seis cursos de graduação na localidade, no ano de 1996: História, Matemática, Tecnologia em Processamento de Dados, Letras, Pedagogia e Ciências Biológicas. Atualmente, a unidade no município oferece o curso de Administração regular noturno. Facilitando o acesso ao ensino superior e atendendo à demanda do mercado de trabalho, a UCPel já possibilitou a formação de mais de 800 profissionais desde a sua implantação em Santa Vitória do Palmar. A expansão do número de cursos oferecidos gerou a preocupação de uma maior aproximação com o estudante local. Por isso, passaram a ser oferecidos, também, cursos de extensão, Informática e LIBRAS, nos níveis básico, intermediário e avançado. Dedicação, comprometimento e atuação são componentes que definem o futuro de qualquer acadêmico, garantindo a ele o sucesso almejado.




Estrutura
A Universidade Católica disponibiliza aos seus alunos uma área de aproximadamente 736 metros quadrados, distribuídos em quatro salas de aula, laboratório de informática, laboratório pedagógico, biblioteca, secretaria e área de convivência.

Uma parceria que deu certo
Remodelar as instalações do porto de Santa Vitória do Palmar e deixar a marca da UCPel nessa nova etapa da zona portuária do município. Para tanto, um projeto desenvolvido pelo Escritório Modelo de Engenharia e Arquitetura, com a participação de alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil e Elé trica, integrou-se à nova fase daquele que é um dos pólos do turismo e que conta, desde 30 de maio de 2008, com espaço para restaurante, museu, observatório e salas de exposições. Estreitando relações com a comunidade, a Católica também participa de eventos importantes como a Expofeira, a Mostra do Artesanato da Pequena e Microindústria (Mapemi), entre outros.

Sobre o município
Com 31 mil habitantes, Santa Vitória do Palmar está localizada no extremo Sul do Brasil. É conhecida por ter uma das estações ecológicas mais importantes do país, a Estação Ecológica do Taim. Duas grandes lagoas banham o seu território: a Lagoa Mirim, maior lagoa do estado do Rio Grande do Sul, e a Lagoa Mangueira, que se localiza no interior do município, próximo à Estação Ecológica do Taim e ao Oceano Atlântico, separada dele apenas por uma estreita faixa de dunas de areia. O município possui duas praias. Uma delas é a Praia do Hermenegildo, o balneário mais frequentado do município, tendo um movimento intenso de turistas durante o verão. A outra é a Praia da Barra do Chuí, que faz fronteira com o Uruguai. As principais atividades econômicas do município são a pecuária e o plantio de arroz. O cereal é o maior responsável pelo desenvolvimento econômico e pela arrecadação, fazendo de Santa Vitória do Palmar uma das cinco principais cidades produtoras de arroz do Rio Grande do Sul.

História
No início da década de 50 do século 19, o presidente da Província do Rio Grande de São Pedro, Marechal Francisco Soares de Andréia, em sua estada no Taim, autorizou a criação de um povoado em torno de uma igreja, a pedido dos moradores da região, chamado Povoação de Andréia. Em 19 de dezembro de 1855, o Comendador Manoel Corrêa Mirapalhete, amigo do Marechal, fundou o povoado que, 33 anos depois, passou a se chamar Santa Vitória do Palmar, em homenagem a Santa Vitória, uma santa italiana da qual a família Andréia era devota. A imagem da santa chegou ao povoado em 1858, vinda da cidade de Ravena, na Itália. Em 1872, a povoação foi elevada à categoria de vila e, mais tarde, em 24 de dezembro de 1888, a vila foi elevada a município. O termo "Palmar" foi dado em razão da grande quantidade de palmeiras Butiá existentes na região. Inicialmente, Santa Vitória do Palmar foi colonizada por imigrantes portugueses e mais tarde por imigrantes italianos, presentes no estado desde o início do século passado, quando chegaram para ocupar territórios despovoados, procurando melhores condições de vida. O adjetivo pátrio "mergulhão" surgiu da semelhança de costume da população vitoriense (principalmente nos tempos antigos) com os de uma ave abundante na planície costeira do Rio Grande do Sul: a Podicipedidae. Essa ave mergulha com seus filhotes ao perceber movimentação estranha. O vitoriense que vivia nas estâncias e fazendas, ao notar a aproximação de forasteiros ao longe, tentava proteger a família escondendo-a nos matos. Depois de identificada a visita e se tratando de pessoas conhecidas ou de confiança, aos poucos iam aparecendo os moradores, dos mais velhos aos mais novos, começando pelo pai ou pela mãe, certificando-se se era ou não alguma patrulha ou corpo militar que estivesse recrutando soldados à força.

Contatos
Endereço: Avenida Justino Amonte Anacker, 319 - Centro - Santa Vitória do Palmar
Telefone: (53)3263.4486
 
 
 
 
Logo
  • REITORIA «
  • CAMPUS I «
  • CAMPUS II «
  • CCJES «
  • CAMPUS SAÚDE «
  • HUSFP «
Falha no carregamento da imagem
 
 
Produzido por Sitionet