Universidade Católica de Pelotas Blog da UCPel
Webmail
Aducpel
Agenda de Eventos
Ass. Judiciária
Ass. Médica Ambulatorial
Avaliação Institucional
Balanço Social
Biblioteca
Calendários Acadêmicos
Capelania
CAPS - Centro de Apoio Psicossocial
Chegue Mais Perto
CIPA
Clínica de Fisioterapia
Clínica Psicológica
Comitê de Ética
Conheça Pelotas
Documentos PRAC
Doutorado
Editais e Publicações Oficiais
Editora Educat
EDR - Escritório de Desenvolvimento Regional
Especialização
Estrutura
Extravestibular
Formas de Ingresso
Graduação
Histórico da UCPel
Hospital Universitário
Incubadora de empresas – CIEMSUL
Instituição Comunitária
Intranet
Itepa
Laboratório de Análises Clínicas
Links de Interesse
Mantenedora
Marca UCPEL
MBA e Especialização
Mestrado
Missão e Visão
Moodle
NAE - Núcleo de Apoio ao Estudante
Notícias
Perguntas Frequentes
Plataformas Lattes
Política de Ensino
Politicas de Extensão
Política de Pesquisa
Proficiência em Língua Estrangeira
Projetos de Extensão
ProUni
Rádio Universidade
Seleção Docente
SINAES
Sinpro
Telefones
Trabalhe na UCPel
UCPEL Virtual
Unidades Básicas de Saúde
Vestibular
Vídeos
Webmail
Administração
Arquitetura e Urbanismo
Atlas de Histologia Médica
Atlas de Histologia Médica II
Cartão Sou UCPel
Centro de Incubação de Empresas da Região Sul (Ciemsul)
Certificados
Ciências Contábeis
CPA - Comissão Própria de Avaliação
Design de Moda
Direito
Editora Educat
Enfermagem
Engenharia Civil
Engenharia de Computação
Engenharia Elétrica
Farmácia
Filosofia
Fisioterapia
Gestão Comercial
Gestão de Recursos Humanos
Gestão Financeira
Grupo Interdisciplinar de Trabalho e Estudos Criminais-Penitenciários (Gitep)
Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP)
Jornalismo
Jovem Aprendiz
Laboratório de Engenharia Civil
Laboratório de Química Ambiental
Laboratórios de Informática - Centro Politécnico
Letras
Mestrado e Doutorado em Letras
Mestrado e Doutorado em Política Social
Mestrado e Doutorado em Saúde e Comportamento
Mestrado em Engenharia Eletrônica e Computação
Mestrado Profissional em Saúde da Mulher, Criança e Adolescente
Memória Fotográfica
Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE)
Pacto Universitário de Direitos Humanos
Pedagogia
Portal do Egresso - Sempre UCPel
Programa de Residência Médica
Psicologia
Publicidade e Propaganda
Rádio Universidade (RU)
Revistas da UCPel
Salão Universitário
Serviço Social
UCPel Mais Saudável
Vestibular

Sapu

moodle

 
 
 
 
 
Cursos

NEWSLETTER

home / notícias / UCPel apresenta novo conceito da marca a professores e funcionários
NOTICIAS

UCPel apresenta novo conceito da marca a professores e funcionários

23.07.2012 | Institucional

Transformação. Essa foi a palavra-chave do evento de lançamento do novo conceito da marca da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), que ocorreu na noite desta quinta-feira (19). Mais de 400 pessoas, entre professores e colaboradores, acompanharam a atividade que marcou um novo momento na Universidade, ligado à proposta de metamorfose e fé.

O evento começou no Auditório Dom Antônio Zattera, quando o ator William Machado lançou questionamentos sobre as características do logo da Universidade e de que forma ele deveria ser retratado. Para marcar as diferentes cores, maneiras de ser e a riqueza cultural da Universidade, o artista plástico Alexandre Lettnin usou toda a sua criatividade e talento na transformação do logo sob os olhares de todos os presentes.

Um vídeo, cujo tema era transformação, mostrou depoimentos espontâneos de colaboradores, professores, estudantes, egressos e pessoas atendidas pelos serviços da UCPel. As falas retrataram como cada ação é elemento transformador e os desejos dessas pessoas para o futuro.

O momento difícil pelo qual passam as instituições de ensino superior comunitárias do Brasil foi apontado pelo reitor, José Carlos Bachettini Júnior. Rigoroso controle do Ministério da Educação, larga concorrência das faculdades que trabalham apenas o preço, a proliferação do ensino a distância e ainda a franca expansão do ensino público gratuito foram elementos lembrados pelo gestor.

Bachettini ressaltou ainda o entendimento de que a UCPel já vem sendo conduzida no caminho da qualidade, sustentabilidade e identidade cristã, buscando elevado nível de excelência acadêmica. Desde janeiro, cinco grandes temas norteiam o trabalho na Católica: ser uma Universidade de ensino/aprendizagem de qualidade reconhecida; ser um centro de conhecimento de referência; ser agente promotor de inovação social e cultural; ser uma comunidade aberta, unida e sustentável com base na identidade cristã; além de atuar com o conceito de “Governança UCPel”, que está ligada à transparência na gestão. “Esses temas só podem ser construídos com a participação de professores, colaboradores e alunos”, pontuou.

Coordenadores de cursos de graduação e Programas de Pós-Graduação também tomaram posse durante a atividade, que tinha em sua programação ainda o depoimento pessoal e profissional da coordenadora da Central de Atendimento, Clarissa Russo, que deixou uma mensagem a respeito dos frutos do futuro dependerem do que plantado no caminho à frente hoje. “Então, pergunto: que sementes iremos começar a semear a partir deste novo período de plantio? A nossa colheita irá depender unicamente das nossas sementes”, afirmou.

A isso se seguiu a manifestação da professora Ana Cláudia Lucas, que assumiu a coordenação do curso de Direito. O discurso da professora, impregnado de esperança – como a própria coordenadora registrou -, reafirmou o compromisso dos novos gestores aos propósitos de conduzir a UCPel ao lugar de destaque merecido. “Para isso não há um caminho certeiro e seguro, isento de dificuldades ou fracassos. Mas certamente já um itinerário, que todos nós deveremos trilhar, e que se inicia exatamente pelo projeto de tornarmos a Universidade Católica numa universidade verdadeiramente comunitária”, ressaltou.

A professora destacou ainda a energia necessária que o grupo possui para a realização do processo de transformação que a Universidade precisa experimentar. “Mas não podemos realizar nada, absolutamente nada sozinhos. Precisamos unir forçar, somar e arregimentar todos os demais atores que integram essa realidade”, motivou.

Segundo ela, para que se atinja os cinco temas norteadores de trabalho da gestão da UCPel é necessário que méritos e deméritos sejam reconhecidos, que sejam quebrados tabus que impeçam o reconhecimento de aspectos negativos dos comportamentos individuais e coletivos, e que haja empenho para suplantá-los. “Com competência, podemos intervir na realidade que está posta”, observou.

A coordenadora encerrou a manifestação parafraseando uma publicidade espanhola que diz: “Essa Universidade tem problemas... A gente dessa Universidade é boa. Mas às vezes faz coisas não boas. Mas a gente desta Universidade está aprendendo o valor de uma coisa: da competência em achar soluções”.

Transformar
O chanceler da UCPel, Dom Jacinto Bergmann, trouxe uma palavra de bênção para o momento. De acordo com o arcebispo, benção é a garantia da presença de Deus e apenas com ela as transformações poderão ser geradas. “Que Deus garanta sua presença para que a gente possa transformar a UCPel na universidade com a qual Deus sonhou e sonha, e com a qual nós também sonhamos”, disse.

Para finalizar a atividade, professores e colaboradores foram convidados a passar ao saguão para confraternizar durante um coquetel.

O auxiliar de secretaria da Seção de Documentação e Registro Acadêmico (SDRA), Daniel Schuch da Silva, considerou a atividade uma importante motivação. “Sempre se precisa de mudança de mentalidade, de mudar para melhor, procurar soluções. A gente tem que garantir a qualidade, o respeito e o nome da Universidade”, apontou.

O professor de Fisioterapia Flaviano Moreira da Silva disse que todos saíram do evento “com o espírito renovado”. “Provoca uma reflexão para nós professores: o que fazer diferente? E isso não individualmente, mas enquanto integrantes de Centros e de uma comunidade de docentes”, frisou. Segundo ele, o momento é de plantar qualidade para também colhê-la no futuro. “O que nós queremos colher? Tenho certeza de que cada um está se fazendo essa pergunta. É uma aclamação: o que nós podemos fazer em conjunto para sermos melhores?”.

De acordo com ele, o Auditório lotado representa um compromisso do público, que, pela expressiva presença, desejava mudanças. Em sua avaliação, a atitude evita a manutenção de situações que se julgavam boas, mas que podem ser melhores. “Já somos nota 4, e isso inspira a ir atrás da nota 5. E não é um objetivo intangível. É, sim, palpável, desde que essa transformação ocorra em cada professor e colaborador”, resumiu.

Disseminação
O próximo grupo a ser atingido com o novo conceito da marca da UCPel serão os alunos. Os estudantes da Católica serão recebidos no primeiro dia de aula, 30 de julho, com o mesmo questionamento. A atividade de Acolhida, realizada nesta data, nos três turnos, também convocará os acadêmicos à transformação.

VER TODAS AS NOTÍCIAS