Universidade Católica de Pelotas Blog da UCPel
Webmail
Aducpel
Agenda de Eventos
Ass. Judiciária
Ass. Médica Ambulatorial
Avaliação Institucional
Balanço Social
Biblioteca
Calendários Acadêmicos
Capelania
CAPS - Centro de Apoio Psicossocial
Chegue Mais Perto
CIPA
Clínica de Fisioterapia
Clínica Psicológica
Comitê de Ética
Conheça Pelotas
Documentos PRAC
Doutorado
Editais e Publicações Oficiais
Editora Educat
EDR - Escritório de Desenvolvimento Regional
Especialização
Estrutura
Extravestibular
Formas de Ingresso
Graduação
Histórico da UCPel
Hospital Universitário
Incubadora de empresas – CIEMSUL
Instituição Comunitária
Intranet
Itepa
Laboratório de Análises Clínicas
Links de Interesse
Mantenedora
Marca UCPEL
MBA e Especialização
Mestrado
Missão e Visão
Moodle
NAE - Núcleo de Apoio ao Estudante
Notícias
Perguntas Frequentes
Plataformas Lattes
Política de Ensino
Politicas de Extensão
Política de Pesquisa
Proficiência em Língua Estrangeira
Projetos de Extensão
ProUni
Rádio Universidade
Seleção Docente
SINAES
Sinpro
Telefones
Trabalhe na UCPel
UCPEL Virtual
Unidades Básicas de Saúde
Vestibular
Vídeos
Webmail
Administração
Arquitetura e Urbanismo
Atlas de Histologia Médica
Atlas de Histologia Médica II
Cartão Sou UCPel
Centro de Incubação de Empresas da Região Sul (Ciemsul)
Certificados
Ciências Contábeis
CPA - Comissão Própria de Avaliação
Design de Moda
Direito
Editora Educat
Enfermagem
Engenharia Civil
Engenharia de Computação
Engenharia Elétrica
Farmácia
Filosofia
Fisioterapia
Gestão Comercial
Gestão de Recursos Humanos
Gestão Financeira
Grupo Interdisciplinar de Trabalho e Estudos Criminais-Penitenciários (Gitep)
Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP)
Jornalismo
Jovem Aprendiz
Laboratório de Engenharia Civil
Laboratório de Química Ambiental
Laboratórios de Informática - Centro Politécnico
Letras
Mestrado e Doutorado em Letras
Mestrado e Doutorado em Política Social
Mestrado e Doutorado em Saúde e Comportamento
Mestrado em Engenharia Eletrônica e Computação
Mestrado Profissional em Saúde da Mulher, Criança e Adolescente
Memória Fotográfica
Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE)
Pacto Universitário de Direitos Humanos
Pedagogia
Portal do Egresso - Sempre UCPel
Programa de Residência Médica
Psicologia
Publicidade e Propaganda
Rádio Universidade (RU)
Revistas da UCPel
Salão Universitário
Serviço Social
UCPel Mais Saudável
Vestibular

Sapu

Moodle - Cursos EaD
Moodle - Demais Atividades de Ensino-Aprendizagem
 
 
 
 
 
Cursos
home / notícias / Opinião - Sobre fraternidade e superação da violência
NOTICIAS

Opinião - Sobre fraternidade e superação da violência

16.02.2018 | Institucional | Capelania e Identidade Cristã | Comunidade

No dia 14 de fevereiro, data de começo do período da Quaresma, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou oficialmente a Campanha da Fraternidade 2018, cujo tema e lema são “Fraternidade e Superação da Violência” e “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8), respectivamente. O assunto tem alta relevância para um país em que a taxa de homicídios – principal índice para mensurar a violência – alcançou 28,9 mortes a cada grupo de 100 mil habitantes. A discussão é igualmente importante para Pelotas, onde a Câmara de Vereadores se prepara para votar o Código de Convivência, parte da medida municipal batizada de Pacto Pela Paz.

A iniciativa da Igreja Católica aponta neste ano formas e tipos de violência no Brasil, em especial àquelas contra grupos sociais vulneráveis, como negros, jovens e mulheres. Ao mesmo tempo, defende a necessidade de criação e execução de políticas públicas que assegurem os direitos fundamentais aos cidadãos e o estabelecimento da cultura da paz, tal qual se propõe a alcançar o pacto do município de Pelotas.

A Universidade Católica de Pelotas, que na última década viu emergir em seu entorno uma onda de violência sem fim e o desrespeito diário com a coletividade, entende que a campanha chega em momento importantíssimo para a cidade. Mesmo que o Pacto Pela Paz tenha imperfeições, a serem discutidas agora no âmbito Legislativo, acreditamos que o seu desejo final é louvável e muito maior do que suas polêmicas. Afinal, a proposta não está restrita à redução da criminalidade com medidas repressivas, mas defende a prevenção à violência e a promoção da paz a partir de ações de toda a sociedade, tal qual a Campanha da Fraternidade.

Em vez de repassar ao governo do Estado a responsabilidade por estancar o avanço da criminalidade e da violência, Pelotas adota postura corajosa e chama para si essa tarefa ao integrar forças policiais e outros setores da sociedade, a fim de aumentar a sensação de segurança, garantir o sossego público, a inclusão social de grupos vulneráveis e o combate à ilegalidade. Tudo em favor da defesa de seus cidadãos.

A UCPel reconhece esse gesto e acrescenta que é necessário educar nossa comunidade para a vida em fraternidade, com base na justiça e no amor, como propõe o Evangelho, tendo em vista uma sociedade justa e solidária, de forma que sejam superadas também outras formas de violência, como a miséria e a falta de uma vida digna.

Esse cenário pode ser resumido nas palavras do Papa Francisco em sua mensagem ao Brasil pelo lançamento da Campanha da Fraternidade: “Sejamos protagonistas da superação da violência fazendo-nos arautos e construtores da paz. Uma paz que é fruto do desenvolvimento integral de todos, uma paz que nasce de uma nova relação também com todas as criaturas. A paz é tecida no dia a dia com paciência e misericórdia, no seio da família, na dinâmica da comunidade, nas relações de trabalho, na relação com a natureza. São pequenos gestos de respeito, de escuta, de diálogo, de silêncio, de afeto, de acolhida, de integração, que criam espaços onde se respira a fraternidade: ‘Vós sois todos irmãos’ (Mt 23,8)”. 

Sendo assim, vamos dar as mãos e valorizar a convivência e o exercício de nossa cidadania. Vamos juntos construir a cultura da paz e vivenciar a virtude da tolerância, fazendo com que nossas atitudes tenham reflexos diretos na superação da violência e do crime. Esta é a melhor forma de aderirmos à Campanha da Fraternidade e ao Pacto Pela Paz.

Universidade Católica de Pelotas

VER TODAS AS NOTÍCIAS