Universidade Católica de Pelotas
Webmail
Aducpel
Agenda de Eventos
Ass. Judiciária
Ass. Médica Ambulatorial
Avaliação Institucional
Balanço Social
Biblioteca
Calendários Acadêmicos
Capelania
CAPS - Centro de Apoio Psicossocial
Chegue Mais Perto
CIPA
Clínica de Fisioterapia
Clínica Psicológica
Comitê de Ética
Conheça Pelotas
Diretrizes
Documentos PRAC
Doutorado
Editais e Publicações Oficiais
Editora Educat
EDR - Escritório de Desenvolvimento Regional
Especialização
Estrutura
Extravestibular
Farmácia Escola
FIES
Formas de Ingresso
Graduação
Histórico UCPel
Hospital Universitário
Incubadora de empresas – CIEMSUL
Instituição Comunitária
Intranet
Itepa
Laboratório Escola de Análises Clínicas
Links de Interesse
Mantenedora
Manual de Formatura
Marca UCPEL
Mestrado
Moodle
Nae
Notícias
Perguntas Frequentes
Plataformas Lattes
Podcasts
Política de Ensino
Politicas de Extensão
Política de Pesquisa
Proficiência em Língua Estrangeira
Projetos de Extensão
Projetos de Pesquisa
ProUni
Rádio Universidade
SAPU 2008/2
SAPU 2008/1
SAPU 2007/2
SAPU 2007/1
Seleção Docente
SINAES
Sinpro
Trabalhe na UCPel
Telefones
Unidade Sta. Vitória do Palmar
Unidades Básicas de Saúde
UCPEL Virtual
Vestibular
Vídeos
Webmail
Administração
Agência Experimental de Publicidade (Agente)
Atlas de Histologia Médica
Atlas de Histologia Médica II
Centro de Incubação de Empresas da Região Sul (Ciemsul)
Ciências Contábeis
Comissão Própria de Avaliação (CPA)
Comunicação Social
Direito
Ecologia
Economia
Ecos Revista
Editora Educat
Enade
Farmácia
Fisioterapia
Grupo Interdisciplinar de Trabalho e Estudos Criminais-Penitenciários (Gitep)
Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP)
Laboratório de Engenharia Civil
Laboratório de Química Ambiental
Laboratório de Engenharia Biomédica
Laboratórios de Informática do Centro Politécnico
Letras
Mestrado em Política Social
Mestrado da Ciência da Computação
Memória Fotográfica
Núcleo de Economia Solidária e Incubação de Cooperativas (Nesic)
Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE)
Pós-Graduação em Letras
Pós-Graduação em Saúde e Comportamento
Produção Fonográfica
Programa de Residência Médica
Psicologia
Química
Rádio Alfa
Rádio Universidade (RU)
Salão Universitário
Tecnologia em Design de Moda
Tecnologia em Produção Fonográfica
Tecnologia em Gestão de Turismo
TV UCPel
UCPel Mais Saudável
Vestibular

Sapu

moodle

 
 
 
 
 
 
Cursos
Newsletter
home/notícias/Praça Piratinino de Almeida é reproduzida em maquete por alunos
27/06/2012

Praça Piratinino de Almeida é reproduzida em maquete por alunos

    Divididos em três grupos, alunos do primeiro semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) tiveram vinte dias para elaborar uma maquete de uma praça central e seu entorno. O espaço escolhido foi a Praça Piratinino de Almeida e cada grupo foi responsável por uma parte do projeto. O trabalho foi proposto pela professora da disciplina de Ateliê I e coordenadora do curso, Isabel Tourinho Salamoni.

    A proposta é dar ênfase para um monumento em seu interior e, também, aos prédios do entorno. Logo, são feitos o levantamento de escalas, análise de terreno e memória gráfica e, também, o levantamento do histórico dos imóveis do local, sendo pesquisada a finalidade para qual os prédios foram criados e quais foram seus primeiros moradores. Esses registros foram coletados e entregues à professora junto com a maquete. Além de Isabel, funcionários da maquetaria auxiliaram os alunos durante as semanas de elaboração do projeto. 

    Isabel destacou a importância do projeto no início da vida acadêmica dos jovens: “Nesse tipo de atividade, eles aprendem a coordenar os grupos, lidar com responsabilidades e compromissos e ter determinação, além de obter o primeiro contato com a profissão que querem seguir por toda a vida”.

    “Todos os dias de trabalho valeram a pena. Pesquisamos dados na Prefeitura, fizemos o mapeamento e levantamento de dados do local. Houve muito incentivo à criatividade e ao conhecimento”, relatou o estudante Pedro Saraiva.
    Iago Gouvêa, membro do grupo que desenvolveu a miniatura da caixa d’água de ferro escocesa que fica em destaque no centro da praça, relatou o desenvolvimento. “Foi um processo complicado, com muitos detalhes, mas conseguimos organizar-nos e trabalhar em equipe. O estudante precisa ter dedicação e querer trabalhar”, disse.

    A estudante Cândida Macksoud e outras colegas pesquisaram, indo de casa em casa, coletando informações, medindo e apurando o que funcionava no local antigamente. “Nossos veteranos elogiaram o trabalho e empenho. Ficaram surpresos pelo detalhamento que demos no projeto”, destacou Keezy Idiarte.

    De acordo com a professora, a elaboração desse trabalho incentivará os futuros profissionais a desenvolverem projetos de espaços públicos adequados para a comunidade, criando um ambiente que estimule a ida às praças e o sentir-se bem nelas.
Imagem de
Divididos em três grupos, alunos do primeiro semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) tiveram vinte dias para elaborar uma maquete de uma praça central e seu entorno. O espaço escolhido foi a Praça Piratinino de Almeida e cada grupo foi responsável por uma parte do projeto. O trabalho foi proposto pela professora da disciplina de Ateliê I e coordenadora do curso, Isabel Tourinho Salamoni.

A proposta é dar ênfase para um monumento em seu interior e, também, aos prédios do entorno. Logo, são feitos o levantamento de escalas, análise de terreno e memória gráfica e, também, o levantamento do histórico dos imóveis do local, sendo pesquisada a finalidade para qual os prédios foram criados e quais foram seus primeiros moradores. Esses registros foram coletados e entregues à professora junto com a maquete. Além de Isabel, funcionários da maquetaria auxiliaram os alunos durante as semanas de elaboração do projeto. 

Isabel destacou a importância do projeto no início da vida acadêmica dos jovens: “Nesse tipo de atividade, eles aprendem a coordenar os grupos, lidar com responsabilidades e compromissos e ter determinação, além de obter o primeiro contato com a profissão que querem seguir por toda a vida”.

“Todos os dias de trabalho valeram a pena. Pesquisamos dados na Prefeitura, fizemos o mapeamento e levantamento de dados do local. Houve muito incentivo à criatividade e ao conhecimento”, relatou o estudante Pedro Saraiva.
Iago Gouvêa, membro do grupo que desenvolveu a miniatura da caixa d’água de ferro escocesa que fica em destaque no centro da praça, relatou o desenvolvimento. “Foi um processo complicado, com muitos detalhes, mas conseguimos organizar-nos e trabalhar em equipe. O estudante precisa ter dedicação e querer trabalhar”, disse.

A estudante Cândida Macksoud e outras colegas pesquisaram, indo de casa em casa, coletando informações, medindo e apurando o que funcionava no local antigamente. “Nossos veteranos elogiaram o trabalho e empenho. Ficaram surpresos pelo detalhamento que demos no projeto”, destacou Keezy Idiarte.

De acordo com a professora, a elaboração desse trabalho incentivará os futuros profissionais a desenvolverem projetos de espaços públicos adequados para a comunidade, criando um ambiente que estimule a ida às praças e o sentir-se bem nelas.


Tags: Arquitetura e Urbanismo  

Classificação: 4.1/5 (12 votos)

Filtro
 
Palavra-chave
 
Mês
Ano
 
Limpar Filtrar
 
 
 
 
 
Logo
  • REITORIA «
  • CAMPUS I «
  • CAMPUS II «
  • CCJES «
  • CAMPUS SAÚDE «
  • HUSFP «
Falha no carregamento da imagem
 
 
Produzido por Sitionet