Universidade Católica de Pelotas
Webmail
Aducpel
Agenda de Eventos
Ass. Judiciária
Ass. Médica Ambulatorial
Avaliação Institucional
Balanço Social
Biblioteca
Calendários Acadêmicos
Capelania
CAPS - Centro de Apoio Psicossocial
Chegue Mais Perto
CIPA
Clínica de Fisioterapia
Clínica Psicológica
Comitê de Ética
Conheça Pelotas
Diretrizes
Documentos PRAC
Doutorado
Editais e Publicações Oficiais
Editora Educat
EDR - Escritório de Desenvolvimento Regional
Especialização
Estrutura
Extravestibular
Farmácia Escola
FIES
Formas de Ingresso
Graduação
Histórico UCPel
Hospital Universitário
Incubadora de empresas – CIEMSUL
Instituição Comunitária
Intranet
Itepa
Laboratório Escola de Análises Clínicas
Links de Interesse
Mantenedora
Manual de Formatura
Marca UCPEL
Mestrado
Moodle
Nae
Notícias
Perguntas Frequentes
Plataformas Lattes
Podcasts
Política de Ensino
Politicas de Extensão
Política de Pesquisa
Proficiência em Língua Estrangeira
Projetos de Extensão
Projetos de Pesquisa
ProUni
Rádio Universidade
SAPU 2008/2
SAPU 2008/1
SAPU 2007/2
SAPU 2007/1
Seleção Docente
SINAES
Sinpro
Trabalhe na UCPel
Telefones
Unidade Sta. Vitória do Palmar
Unidades Básicas de Saúde
UCPEL Virtual
Vestibular
Vídeos
Webmail
Administração
Agência Experimental de Publicidade (Agente)
Atlas de Histologia Médica
Atlas de Histologia Médica II
Centro de Incubação de Empresas da Região Sul (Ciemsul)
Ciências Contábeis
Comissão Própria de Avaliação (CPA)
Comunicação Social
Direito
Ecologia
Economia
Ecos Revista
Editora Educat
Enade
Farmácia
Fisioterapia
Grupo Interdisciplinar de Trabalho e Estudos Criminais-Penitenciários (Gitep)
Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP)
Laboratório de Engenharia Civil
Laboratório de Química Ambiental
Laboratório de Engenharia Biomédica
Laboratórios de Informática do Centro Politécnico
Letras
Mestrado em Política Social
Mestrado da Ciência da Computação
Memória Fotográfica
Núcleo de Economia Solidária e Incubação de Cooperativas (Nesic)
Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE)
Pós-Graduação em Letras
Pós-Graduação em Saúde e Comportamento
Produção Fonográfica
Programa de Residência Médica
Psicologia
Química
Rádio Alfa
Rádio Universidade (RU)
Salão Universitário
Tecnologia em Design de Moda
Tecnologia em Produção Fonográfica
Tecnologia em Gestão de Turismo
TV UCPel
UCPel Mais Saudável
Vestibular

Sapu

moodle

 
 
 
 
 
 
Cursos
Newsletter
home/notícias/CAPS discute tratamento com plantas medicinais
16/07/2012

CAPS discute tratamento com plantas medicinais

    O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS Escola) promoveu nesta segunda-feira (16) o oficinão Terapias alternativas em saúde e plantas medicinais. Durante a atividade, participantes das oficinas de arte e de música integraram um momento de discussão e reflexão sobre o uso de terapias alternativas para melhorar a qualidade de vida.

    No encontro, o professor de música do CAPS Escola, Izamir de Farias, frisou a importância das atividades como meio de inserção social. ”É comprovado, por meio de estudos científicos, que tanto a arte quanto o cuidado com plantas auxiliam no tratamento de doenças como a depressão e infecções diversas. Esses processos alternativos de tratamento e melhoria de transtornos mentais deveriam ser debatidos abertamente na sociedade”, disse. 

    A professora do mestrado em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) Rita Heck, juntamente com estudantes, explicou as propriedades e os efeitos causados pelas plantas. “É importante para o profissional da saúde buscar conhecimento desse tipo de terapia não convencional, pois além de ampliar os estudos na área, serve de alerta para orientar quais são as plantas boas e as nocivas para tratamentos”, ressaltou Rita.
Imagem de
O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS Escola) promoveu nesta segunda-feira (16) o oficinão Terapias alternativas em saúde e plantas medicinais. Durante a atividade, participantes das oficinas de arte e de música integraram um momento de discussão e reflexão sobre o uso de terapias alternativas para melhorar a qualidade de vida.

No encontro, o professor de música do CAPS Escola, Izamir de Farias, frisou a importância das atividades como meio de inserção social. ”É comprovado, por meio de estudos científicos, que tanto a arte quanto o cuidado com plantas auxiliam no tratamento de doenças como a depressão e infecções diversas. Esses processos alternativos de tratamento e melhoria de transtornos mentais deveriam ser debatidos abertamente na sociedade”, disse. 

A professora do mestrado em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) Rita Heck, juntamente com estudantes, explicou as propriedades e os efeitos causados pelas plantas. “É importante para o profissional da saúde buscar conhecimento desse tipo de terapia não convencional, pois além de ampliar os estudos na área, serve de alerta para orientar quais são as plantas boas e as nocivas para tratamentos”, ressaltou Rita.


Tags: Psicologia  

Classificação: 4.6/5 (9 votos)

Filtro
 
Palavra-chave
 
Mês
Ano
 
Limpar Filtrar
 
 
 
 
 
Logo
  • REITORIA «
  • CAMPUS I «
  • CAMPUS II «
  • CCJES «
  • CAMPUS SAÚDE «
  • HUSFP «
Falha no carregamento da imagem
 
 
Produzido por Sitionet